Sim! A hipertensão arterial infantil está sendo observada cada vez mais cedo, com incidência que varia de 2% a 13% entre crianças e adolescentes.

O estilo de vida que as famílias estão adotando pode ser uma boa explicação para isso, pois reúne sedentarismo e péssimos hábitos alimentares, resultando em obesidade e problemas associados.

A adoção de hábitos saudáveis e mudanças no estilo de vida resolvem aproximadamente 95% dos casos de hipertensão infantil idiopática (sem causa determinada). Dessa maneira, é extremamente importante a inclusão de atividades físicas no cotidiano dos pequenos e a ingestão de alimentos saudáveis.

Fique atento e monitore a pressão arterial do seu filho! Isso vai ajudar a detectar de forma precoce doenças relacionadas à pressão alta.

#Cardiologia #Cardiologista #MontesClaros #RafaelAlcantara #drRafaelAlcantara #saúde #bemEstar